Por que idosos devem se alongar e trabalhar a flexibilidade?

Todo mundo sabe que os exercícios fazem bem à saúde e, por isso, devem ser praticados regularmente. No entanto, há uma atividade que é complementar aos exercícios, mas que muitas pessoas não dão a devida importância: o alongamento. Exercícios de alongamento e flexibilidade podem, e devem, ser praticados por pessoas de todas as idades, entretanto, são especialmente recomendados aos idosos.

Você está com dificuldade para realizar ações simples do dia a dia, como olhar para trás ao manobrar o carro e calçar os sapatos? Então continue com a leitura deste texto e entenda mais sobre a importância do alongamento para idosos!

Por que os idosos devem trabalhar alongamento e flexibilidade?

Em primeiro lugar, nós devemos esclarecer o que é a flexibilidade e por que ela é tão importante para o bom funcionamento do nosso corpo. A flexibilidade é a capacidade que os músculos e os tendões têm de se esticarem, de acordo com os movimentos do corpo, e permitirem que as articulações se movam ao longo de toda a sua amplitude natural.

Com o passar dos anos, o nosso corpo tende a sofrer com o encurtamento das articulações e com a perda da flexibilidade, coordenação motora e força muscular. Tudo isso somado ao avanço da idade dificulta a realização de atividades simples e movimentos básicos, como esticar o braço para alcançar algo que está longe.

Se o idoso não tomar alguma atitude para reverter a perda de flexibilidade, a tendência é que seus movimentos fiquem cada vez mais limitados e, com isso, o indivíduo perde também a sua independência. Além disso, o encurtamento das articulações pode causar dores e aumentar o risco de lesões e acidentes.

Como recuperar a flexibilidade?

A boa notícia é que a flexibilidade pode ser recuperada aos poucos. Para tanto, é necessário praticar atividades que estimulem o alongamento dos musculos e articulações. O pilates e a yoga, por exemplo, são duas modalidades de exercícios excelentes para praticar o alongamento e que são muito recomendados para as pessoas que já têm alguma lesão.

Algumas academias oferecem aulas especiais de alongamento e flexibilidade para quem quer manter o corpo em movimento e praticar atividades físicas. Procure aquela que te oferece o melhor mix de possibilidades, casando idealmente exercícios de baixo impacto com atividades na água, à exemplo da hidroginástica, que é execelente para idosos.

Alongamento em casa, vale?

Existem muitos exercícios para alongamento que podem, sim, ser realizados dentro de casa. Aliás, essa é a recomendação de muitos médicos para idosos que não têm tempo ou dinheiro para frequentar uma academia: pratique o alongamento dentro de casa. No entanto, essa recomendação é um tanto controversa.

Muitos idosos já se machucaram ou se acidentaram ao tentar praticar exercícios sozinhos. Como nós já citamos neste texto, a perda do equilíbrio também é outro fator presente em pessoas na terceira idade, por isso tentar se alongar sem o acompanhamento de um profissional, pede atenção.

Se você deseja recuperar a sua flexibilidade, nós recomendamos que você procure uma academia que tenha aula de alongamento e flexibilidade com profissionais especialistas no assunto. Praticar exercícios e se alongar na terceira idade é muito importante, mas não se esqueça que a sua segurança vem sempre em primeiro lugar. 

Ficou com vontade de frequentar uma academia depois deste texto? Então não perca tempo! Entre em contato conosco e conheça mais sobre a academia Boa Forma.

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Share This