Alimentação

Reeducação Alimentar: entenda a importância e saiba o que fazer

Reeducação_Alimentar_entenda_a_importância_e_saiba_o_que_fazer.jpg.jpeg
Escrito por Academia Boa Forma

Diz um provérbio chinês que “o segredo da longevidade é comer a metade, andar o dobro e rir o triplo”. Essa frase sábia tem tudo a ver com uma vida saudável e equilibrada. O primeiro passo para conquistar uma saúde plena é fazer reeducação alimentar.

Por que precisamos de reeducação alimentar?

É simples: muitas vezes, os vícios da má alimentação começam desde criança. Por exemplo: preferência por comidas gordurosas, doces, refrigerantes e mania de evitar tudo o que é natural, como frutas e legumes. Esses hábitos e o mito de que comida saudável é ruim acompanham o inconsciente da criança até a vida adulta.

Em outras situações, mesmo uma criança que possui pais mais rigorosos, que se servem de alimentação balanceada diariamente, pode desaprender a comer bem com o passar dos anos. Quando adultos, somos constantemente desafiados para administrar o tempo e conseguir conciliar trabalho, casa e família.

São muitos os fatores que nos empurram para fora dos trilhos e, então, comemos qualquer coisa que seja rápido e prático de preparar ao invés de priorizar uma alimentação saudável. Isso é um erro. O que temos de mais precioso é a nossa saúde. Sem ela, a impotência de fazer tudo o que gostamos será uma realidade difícil de digerir.

Oito dicas para começar uma reeducação alimentar

  1. Evite estocar guloseimas em casa. Muita gente costuma guardar salgadinhos, biscoitos e doces em um armário e, assim, fica muito difícil fugir de tentações. A família toda precisa participar junto.
  2. Tente tomar mais água durante o dia: 2-3 litros. Você pode manter uma garrafa sempre por perto e consumir a bebida com um pedacinho de gengibre ou meia colher de suco de limão, para agradar o paladar.
  3. Reduza a quantidade de sal dos alimentos, pois o excesso pode causar uma série de complicações, como desidratação das células, hipertensão e problemas nos rins.
  4. Diminua drasticamente o consumo de comidas industrializadas, fast-food, enlatados. Se você se organizar, é possível preparar refeições leves e rápidas, como frango grelhado e uma salada, por exemplo.
  5. Coma frutas. Se for um hábito difícil de começar, crie combinações. Adicione uma fruta picada a uma porção de iogurte desnatado e mel. As frutas são excelentes acompanhamentos para aquela hora do intervalo entre o café da manhã e o almoço, e também como sobremesas.
  6. Alimente-se bem a cada três horas. O organismo humano não foi feito para ficar muito tempo sem comida, pois isso afeta o nosso metabolismo. Se você trabalha muito e tem uma rotina agitada, adote o hábito de levar na bolsa pequenas porções de frutas secas, castanhas ou amendoins.
  7. Substitua sucos de caixinha por sucos naturais, pois contêm muito sódio e corantes. O achocolatado em caixa que você compra no supermercado pode ser preparado em casa, com leite desnatado e chocolate em pó. Você pode preparar em grande quantidade e armazenar na geladeira. É uma boa ideia para quem tem filhos.
  8. Aprenda a gostar de verduras e legumes. Se você foi uma criança que implicava com a aparência da comida sem nem experimentar, chegou a hora de mudar. Monte combinações como arroz com brócolis, salada de acelga com tomates temperada com orégano e azeite, entre outras. Você vai se surpreender.

Reeducação alimentar e atividade física: dupla imbatível

Segundo uma pesquisa divulgada pelo Ministério da Saúde, 52,5% da população brasileira está acima do peso, ou seja, mais da metade da população. A reeducação alimentar aliada à prática da atividade física é um diferencial que vai fazer você “rir o triplo”, conforme o provérbio chinês.

Fazer exercícios alivia o estresse, libera os hormônios responsáveis pela sensação de prazer e bem-estar, ajuda a manter ou a perder peso, melhora a circulação e evita inúmeras doenças. Você tem diversas opções para começar a praticar em casa, na praça da esquina, na academia, em qualquer lugar.

Gostou das dicas de reeducação alimentar? Que atitude você pretende tomar para começar a sua agora mesmo? Deixe um comentário!

Sobre o autor

Academia Boa Forma

Deixar comentário.

Share This
Navegação