Natação

Natação para crianças e bebês: quando é a hora de começar?

natacao-para-criancas-e-bebes-quando-e-a-hora-de-comecar.jpeg
Escrito por Academia Boa Forma

Uma dúvida que ronda a cabeça de muitas mamães e papais é quanto a idade ideal para matricular os filhos na natação. Alguns acreditam que o melhor é colocar a criança na natação somente após alguns anos de idade, já outros dizem que matricular a criança ainda bebê pode ser bem melhor.

Mas afinal, quando é a hora certa de colocar seu filho numa aula de natação para crianças? Continue a sua leitura e acabe com essa dúvida de vez!

Quanto mais cedo melhor?

De acordo com a Sociedade Brasileira de Pediatria e com a Academia Americana de Pediatria o ideal seria que crianças participassem de aulas de natação somente após os quatro anos de idade devido aos riscos de afogamento. Porém, esse pensamento mudou nos últimos anos.

Dois estudos — um realizado na China e publicado no Injury Prevention em 2007 e outro publicado no JAMA Pediatrics em 2009 nos Estados Unidos — fizeram com que a Academia Americana de Pediatria revisse sua posição sobre o assunto.

O estudo feito na China concluiu que os afogamentos ocorridos com crianças de 1 a 14 anos nos anos de 2002 a 2004 teve como principais causas:

  • saúde pobre do cuidador;

  • não usar equipamento de flutuação, como boias, por exemplo;

  • não ter recebido aulas de natação apropriadas;

  • não ter experiência em brincar regularmente na água;

  • falta de supervisão.

Dessa forma, os estudos concluíram que os programas educacionais seguros, com foco na supervisão constante do adulto e sempre fazendo uso de equipamentos de segurança, poderiam até mesmo prevenir afogamentos.

A partir desses estudos muitos especialistas passaram a recomendar a natação a partir dos 6 meses de vida, já que nessa idade eles ainda possuem reflexos da época em que estavam na barriga da mãe — aliás, a natação é o único esporte que já pode ser praticado com apenas 6 meses de vida.

Quais são os benefícios da natação para crianças?

A natação oferece uma série de benefícios para os pequenos, como:

Maior facilidade em nadar

Pode parecer bem óbvio que um bebê que comece a nadar com cerca de um ano de idade tenha futuramente maior facilidade para nadar, entretanto a criança só passa a nadar de verdade por volta dos quatro anos de idade.

Mas como o desenvolvimento da criança depende do que cada tarefa exige dela, dos seus fatores biológicos e da condição do ambiente, obviamente, se ela for estimulada bem cedo terá maior repertório motor e, portanto, habilidades maiores na água.

Laço mais estreito do pai/mãe com o bebê

Quando o bebê começa bem cedo na natação, junto à mãe ou com o pai, esse laço de confiança existente entre mãe/pai e filho acaba se tornando mais estreito. Isso porque aquele momento, em que se está com o bebê na piscina, é especial, somente entre eles.

Além disso, o toque, o carinho e o contato ajudam a estimular o lado emocional e afetivo da criança.

Melhora de problemas respiratórios

Como a natação ajuda a fortalecer todo o sistema respiratório, a troca de oxigênio acaba ocorrendo de forma muito mais natural e fácil. É muito comum até que crianças com bronquite tenham alguma melhora depois de começar a praticar natação.

Crescimento mais saudável

A natação, assim como várias outras modalidades esportivas, estimula um crescimento mais saudável, tanto físico como mental. A diferença é que a criança pode ser iniciada na natação com muito mais antecedência do que em outras modalidades.

O que deve ser observado antes de matricular a criança?

Para que as aulas de natação sejam perfeitamente seguras para seu filho, é importante observar algumas coisas como:

  • as condições de higiene e de segurança da piscina e de todo o local das aulas;

  • como é feito o tratamento da água da piscina;

  • a temperatura da água;

  • o pH da água.

É muito importante que esses detalhes sejam observados para que as aulas de natação para crianças só tenham benefícios a oferecer. Quer conferir mais dicas? Então assine a nossa newsletter e não perca mais nenhum conteúdo!

Sobre o autor

Academia Boa Forma

Deixar comentário.

Share This
Navegação