Natação de águas abertas: conheça esta modalidade!

A natação de águas abertas é em um desafio que mexe com o espírito competitivo dos nadadores. O fato de nadar em mar aberto é uma aventura para os amantes de esportes aquáticos. Porém, essa modalidade requer treinamento, preparo físico e mental do atleta, pois existem algumas particularidades que dificultam o trajeto.

Para que consiga conquistar os benefícios dessa atividade com segurança e bom desempenho, você deve conhecer alguns procedimentos. Preparamos este artigo especialmente para você que já anda curioso com o assunto. Acompanhe.

O que é natação de águas abertas?

A natação de águas abertas é a modalidade de nado realizada em mar aberto, rios e lagos. No caso de percursos a partir de 10 km, recebe o nome de maratona aquática. Existem vários tipos provas, como travessias de canais com longas distâncias ou percursos menores, como os de 1,5 km de parte integrante do Triátlon.

natação se originou nesses ambientes naturais, pois, no início, não existiam piscinas destinadas à natação como acontece atualmente. Havia tanques utilizados para criar peixes ou banhos públicos. Nos dias de hoje, tem ganhado força. No Rio de Janeiro, existem assessorias exclusivas para quem optar por essa modalidade.

Quais são os tipos de equipamentos necessários?

Para obter conforto, segurança e bom desempenho em águas abertas, você deve usar alguns equipamentos nos treinos, tais como:

  • roupas de neoprene para de locais com águas frias, que ajudam a ganhar alguns metros de deslocamento em provas por diminuir o atrito com a água;
  • óculos de natação;
  • touca em cores vivas para ser facilmente localizado, tanto por salva-vidas quanto por embarcações;
  • boia de segurança;
  • protetor solar, mesmo em dias nublados.

Como deve ser o treino?

No início, o treino deve ser feito em piscinas. Nelas, você será orientado por profissionais a se aperfeiçoar, principalmente no crawl, pois esse é o tipo de nado utilizado em águas abertas. Outra dica é manter uma frequência de, pelo menos, três vezes por semana. No entanto, a partir de 3 km de prova, esse período deve ser aumentado.

Os treinadores também o ajudarão no aspecto emocional, pois as águas abertas podem criar certa ansiedade pela sua imensidão e imprevisibilidade, principalmente no caso de determinadas correntes marítimas.

Quando se está preparado para nadar em mar aberto?

Para você estar preparado para nadar em mar aberto, é necessário responder “sim” para as seguintes perguntas:

  • nada longas distâncias sem apoio e auxílio de equipamentos?
  • Se engolir água, consegue nadar e tossir ao mesmo tempo?
  • É capaz de nadar durante uma crise de cãibras?
  • Consegue ficar alguns minutos embaixo d’água sem entrar em pânico e a sensação de claustrofobia?

Se respondeu “não” para alguma das questões, aguarde e treine um pouco mais naquela que verificou a deficiência, afinal, aí pode estar a diferença entre o sucesso e o fracasso em uma prova de natação, ou no risco de ser afogar. Não tenha pressa, pois o único segredo é o treinamento.

Portanto, quando você decidir sair da sua zona de conforto e resolver nadar em mar aberto, nunca se esqueça de que a prática da natação de águas abertas exige que esteja sempre acompanhado. É essencial que busque ajuda profissional para não colocar a sua vida em risco e colher somente os benefícios dessa modalidade que é tão desafiadora.

Então, compartilhe este assunto com seus amigos e seguidores nas suas redes sociais. Quem sabe, eles ficam animados e resolvam te acompanhar nessa modalidade de nado!

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Share This