Natação

Conheça 5 importantes cuidados com a pele na natação

foto0parasuapelecuidadosnatacao
Escrito por Academia Boa Forma

Não chega a ser uma novidade que a natação é um dos esportes mais completos, não é mesmo? Benéfica até mesmo para bebês a partir dos 6 meses de idade, ela trabalha o corpo como um todo e ainda é excelente para quem sofre com problemas respiratórios

Contudo, nadar também requer prevenção por parte dos praticantes. Não basta estar com o condicionamento físico em dia, alongado e aquecido: mergulhar em piscinas demanda certos cuidados com a pele. 

Se você deseja saber quais são eles e o porquê de tomá-los o quanto antes, continue lendo o post!

1. Utilize os cremes adequados para a sua pele

Antes de nadar, evite usar cremes esfoliantes, já que eles tiram uma proteção epidérmica natural. Sem essa camada protetora, a pele fica mais vulnerável ao ressecamento e às irritações. Deixe-os para os dias nos quais você não mergulha. 

Se o esfoliante pode lhe prejudicar, os hidratantes tendem a fazer o contrário! Eles reforçam a defesa que você naturalmente produz e o ideal é aplicá-los antes e depois de sair da água, ok? Opte por produtos adequados à sua pele e que contenham lipossomos e ceramidas, porque eles a protegem dos danos causados pelo cloro.

2. Use uma touca de natação para proteger os fios

Essa é uma recomendação comum em grande parte das academias. Em outras, chega a ser uma exigência. A regra tem um motivo: evitar o cloro! O elemento, usado para fazer o tratamento de algumas piscinas, retira os óleos naturais dos cabelos, danificando-os. 

Dessa forma, é extremamente indicado que você utilize uma touca sempre. Isso evita não só o desgaste das madeixas, mas também o da pele da testa e do couro cabeludo como um todo.

3. Tome uma ducha antes e depois de nadar

Apesar de ser uma atitude comum, alguns nadadores desatentos podem esquecê-la de vez em quanto. A lógica é a mesma daquilo que foi explicado no tópico anterior: com a camada superior da pele hidratada, você ganha uma “capa” que defenderá sua epiderme dos efeitos clóricos.

Tomar um bom banho, logo depois do treino, também é válido! Nesse momento, dê preferência aos sabonetes ricos em propriedades hidratantes, que ajudam a recuperar a maciez da pele. 

4. Visite o dermatologista para manter os cuidados com a pele

É melhor prevenir do que remediar, certo? Por isso, se você pratica natação com assiduidade, consulte-se regularmente com um dermatologista. Leva pouco tempo e eles podem livrar você de uma dor de cabeça bem maior no futuro.

Ele é o profissional que pode avaliar o estado de saúde da sua pele, se está devidamente hidratada, se não há escamações, irritação ou micoses que possam se agravar ou serem transmitidas a outros nadadores. E também é ele quem lhe orientará adequadamente, se um tratamento for necessário. 

5. Dê preferência às piscinas salinizadas

Como você deve ter notado ao longo do post, o cloro pode ser um grande vilão. Por isso, dê preferência às piscinas que tenham a água cujo tratamento é feito com sal

As piscinas salinizadas são melhores para os fluidos do corpo, pois se assemelham mais à salinidade do mar. Além disso, também são menos contaminadas, já que eliminam substâncias nocivas com maior facilidade. 

Seguindo essas dicas de cuidados com a pele, você pode ficar mais tranquilo por evitar o surgimento de prováveis doenças ou quaisquer outros danos. Assim, será possível continuar nadando com o mesmo comprometimento de sempre e manter seu corpo saudável.

E aí, gostou das dicas? Quer saber de outras novidades relacionadas ao bem-estar? Então curta nossa página no Facebook!

Sobre o autor

Academia Boa Forma

Deixar comentário.

Share This
Navegação