Confira 3 cuidados com a alimentação na quarentena

Ter uma dieta balanceada é bastante importante para o organismo, e com a alimentação na quarentena não seria diferente. Nesse período difícil que estamos vivendo, é preciso fortificar o sistema imunológico. Um corpo mais saudável é mais eficiente para combater um possível vírus invasor, mas isso não é desculpa para sair na rua, ok?

Selecionamos informações importantes sobre cuidados com dieta na quarentena. É preciso prestar atenção não apenas no consumo de nutrientes essenciais para o corpo, mas na manipulação e na limpeza dos alimentos — algo indispensável para combater o coronavírus.

Continue a leitura deste post e saiba como cuidar melhor da sua alimentação!

3 cuidados com a alimentação na quarentena

O coronavírus pegou todo mundo de surpresa e nos impôs uma situação redobrada de alerta. Além do distanciamento social, é imprescindível cuidar da higiene para se proteger da doença. Vamos iniciar as nossas sugestões ressaltando a importância do manuseio correto dos produtos e alimentos. Confira!

1. Manipulação na compra dos alimentos

Ao trazer produtos para casa (não somente os alimentícios), é necessário higienizá-los. Para isso, lave as embalagens com água, sabão e uma esponja ou desinfete-as com álcool 70%.

Os alimentos também precisam ser higienizados: os vegetais, legumes e as frutas com uma pequena escova e água aquecida para remover a sujeira mais grossa, aquela visível. Em seguida, ainda com a casca, deixe tudo de molho em um litro de água misturado com uma colher de água sanitária ou de bicarbonato de sódio por quinze minutos. Por fim, enxágue-os bastante.

2. Ingestão dos nutrientes necessários

Uma dieta rica com minerais, fibras, proteínas e demais componentes essenciais para o corpo é fundamental. Para isso, consuma verduras, legumes e frutas.

Faça um prato colorido! Nessa época, opte por alimentos mais resistentes e duráveis, como batata-doce, cenoura, vagem, repolho, frutas verdes, feijão e lentilha. É importante lembrar que não é necessário estocar comida, uma vez que os supermercados não sofrem com a escassez de produtos.

Consuma chás quentes, pois eles estimulam a expulsão de substâncias das vias aéreas — isso melhora o desempenho delas e evita gripes e resfriados. Frutas que contêm vitamina C, como acerola, caju, laranja e goiaba, fortificam o sistema imunológico.

Os alimentos ricos em ferro, selênio e zinco, respectivamente presentes em carnes e vegetais escuros, castanhas e feijões também são muito importantes para a saúde.

3. Atenção ao consumo exagerado

Quando estamos em casa, a tendência é ficarmos parados por mais tempo. Devido a isso, o ideal é não comer muito de uma vez. Prefira porções pequenas, consumidas de três em três horas, de alimentos variados e saudáveis, como cereais integrais, frutas, grãos, legumes, verduras e proteínas benéficas, como ovos e carnes brancas. Assim que se sentir saciado, pare de comer.

Também é importante evitar carboidratos simples, pois eles se acumulam rapidamente no organismo, facilitam inflamações, não proporcionam saciedade efetiva e somente geram sensação de fome de modo constante — isso fará você desejar comer frequentemente.

Alguns exemplos de carboidratos simples são arroz branco, macarrão, pão e produtos feitos com farinha branca refinada. Tome cuidado ainda com o excesso de doces!

Cuidados além da alimentação

A alimentação não é o único ponto importante para ter um sistema imunológico forte. Conheça outros aspectos fundamentais para deixar o organismo mais saudável e resistente para combater infecções e doenças em geral.

Praticar atividades físicas

Quando estamos em casa por muito tempo, nos movimentamos menos. O recomendado é praticar atividades físicas pelo menos três vezes por semana, durante 30 minutos. É possível encontrar alternativas de exercícios para fazer em casa, usando até mesmo partes dela para ajudar — as escadas são um ótimo exemplo disso.

Demais cuidados

A higienização se tornou mais necessária ainda neste momento. É crucial lavar as mãos correta e frequentemente, sobretudo antes de comer e de preparar receitas. As mãos precisam ser higienizadas por pelo menos 20 segundos com água e sabão, esfregando todas as partes delas, a começar pelos punhos.

Evite tocar no rosto, principalmente a boca, os olhos e o nariz. Isso evita a contaminação pelo vírus. Quando tossir ou espirrar, coloque a parte de dentro do cotovelo na frente da boca. Mais uma vez: lave as mãos constantemente!

Como visto, há recomendações indispensáveis para a higienização e a alimentação na quarentena. Cuide-se e tome conta das pessoas amadas. Se puder, fique em casa. Saia somente para realizar as tarefas imprescindíveis.

Gostou de saber mais sobre o assunto? Assine nossa newsletter e receba outros conteúdos com dicas sobre saúde.

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Share This