Natação

Afinal, a natação é indicada no tratamento para bronquite?

afinal-a-natacao-e-indicada-no-tratamento-para-bronquite.jpeg
Escrito por Academia Boa Forma

Com a chegada do inverno, os problemas respiratórios se agravam, principalmente a bronquite. Nesse período, muitas pessoas deixam de realizar atividades físicas. Muitos pais, inclusive, evitam que seus filhos, mesmo sofrendo de algum problema respiratório, continuem a praticar esportes, como a natação, por exemplo, que, além ser excelente de modo geral, é também uma forma de tratamento para bronquite.

Continue a leitura e veja por que a natação é uma ótima alternativa de tratamento para bronquite!

Entenda o que é a bronquite

A bronquite é uma inflamação dos tecidos dos brônquios. Vírus, bactérias, alergias, sinusites crônicas, amigdalites, são fatores que podem causar essa inflamação.

Há dois tipos de bronquite: a crônica e a aguda. A primeira pode durar até três semanas e a segunda pode persistir por mais de três meses ou até mesmo permanecer por anos.

Com relação à bronquite alérgica ou asma brônquica, essa pode se manifestar em pessoas de qualquer idade e seus sintomas são falta de ar, tosse, chiado no peito e cansaço. Essa alergia é decorrente de poeira, ácaro, pelos de animais, penas, mofo, lã, mudança de temperatura e bactérias.

Como a natação pode ajudar no tratamento para bronquite?

A natação é uma das melhores atividades físicas para melhorar a circulação de ar nos pulmões. É um esporte completo, trabalha todos os músculos e pode melhorar e até curar problemas respiratórios. A umidade facilita a entrada de ar nas vias aéreas e ajuda, também, a circulação sanguínea.

A pressão da água no tórax faz com que a pessoa force os músculos respiratórios para puxar e soltar o ar durante a prática dos exercícios, o que é benéfico para quem sofre de bronquite. O exercício na água aumenta a resistência do organismo, ajudando nas crises de bronquite e, inclusive, na cura da asma.

Por meio dos movimentos dos braços ocorre o alongamento da musculatura intercostal e abdominal, facilitando a respiração diafragmática. Toda a musculatura envolvida na prática da natação trabalha os pulmões, auxiliando no sistema cardiorrespiratório.

Em pouco tempo, a pessoa com problemas respiratórios já pode perceber os excelentes resultados, mas isso não significa que a mesma está curada e que pode parar com a natação, pelo contrário, a pessoa deve continuar a prática do esporte, até mesmo pelos inúmeros benefícios para a saúde.

O ideal é que a prática da natação realizada por pessoas com bronquite seja feita em piscina que não contenha cloro, pois é uma substância alérgena e seu cheiro pode prejudicar a respiração. O cloro é usado para a desinfecção da água, mas atualmente existem outros meios para isso, como a ionização com cobre e prata e a radiação ultravioleta.

Outro cuidado que se deve ter é em relação ao choque térmico. Procure piscinas cobertas e lembre-se de que após nadar é preciso se agasalhar bem, principalmente bebês, crianças e idosos.

Vale salientar que, caso a criança com bronquite seja muito frágil, é importante que ela tenha uma atenção especial por parte do professor.

A natação é um esporte indicado para todos as idades e seus benefícios são enormes. As crianças podem começar essa prática a partir dos seis meses de idade, mas sempre com a avaliação e a autorização do pediatra.

Neste post você viu como a natação pode ajudar no tratamento para bronquite e na saúde de forma geral. Gostou do artigo? Então, compartilhe-o nas suas redes sociais!

Sobre o autor

Academia Boa Forma

Deixar comentário.

Share This
Navegação