O que você precisa saber sobre a obesidade infantil

Você sabe o que é a obesidade infantil? Ela ocorre quando a criança está acima do peso ideal estipulado para a sua idade e altura. Muitos fatores atuam como responsáveis para essa condição e os quilos a mais ganhos nessa idade podem gerar consequências até quando os pequenos atingirem a idade adulta.

O assunto é bastante sério, mas não se preocupe: neste artigo nós elencaremos as principais causas dessa condição e mostraremos formas de evitá-la. Confira!

Principais causas da obesidade infantil

Má alimentação

Uma alimentação desequilibrada, com muito consumo de fast food e alimentos industrializados pode contribuir para que uma criança se torne obesa. Muitos doces, frituras e refrigerantes em excesso também contribuem para que essa doença se desenvolva.

Sedentarismo

O sedentarismo é outro fator de risco, já que a atividade física ajuda a criança a queimar as calorias ingeridas durante as refeições. Se estiver atrelado à má alimentação, o risco de desenvolver a obesidade aumenta ainda mais.

Falta de sono

A qualidade do sono é importante para que a criança cresça saudável, pois o horário de descanso está em sincronia com seu relógio biológico. Por esse motivo, se a criança não tem um horário estabelecido para ir para a cama, ou se tem o costume de dormir muito tarde e acordar muito cedo para fazer suas atividades, pode desenvolver uma série de doenças, inclusive a obesidade.

Fatores genéticos e hormonais

Nem só fatores como os citados anteriormente são causas para a obesidade em crianças. Os filhos de adultos obesos têm maior predisposição a também desenvolverem a doença — cerca de 80% de chance. O histórico da gestação do bebê e variações hormonais da mãe durante a gravidez também podem influenciar no diagnóstico.

A obesidade infantil e os riscos que podem ser levados para a vida adulta

Uma criança que desenvolve obesidade corre o risco de levar os malefícios da doença para a vida adulta. Estima-se que crianças que estão acima do peso têm 75% de chance de se tornarem adultos obesos.

Além disso, mesmo se a obesidade for controlada ainda na infância, um adulto que foi uma criança obesa possui chances de desenvolver doenças como hipertensão e diabetes, que podem matar precocemente. Esse é um fato que precisa ser levado em conta para prevenir a doença o quanto antes.

Formas de evitar a obesidade infantil

Encoraje a alimentação saudável

Uma boa educação alimentar evita que seu filho se torne obeso e, estendida à toda família, trará benefícios para todos. Uma boa ideia é fazer com que os alimentos fiquem atraentes, já que, geralmente, crianças têm dificuldade em comer coisas mais naturais e saudáveis. Para motivá-las a comer melhor, brinque com os elementos do prato, transforme uma salada em um rosto de um palhaço ou em um animal, por exemplo. Seja criativo!

Limite o consumo de alimentos processados

Para reforçar ainda mais o tópico anterior, tente cortar da dieta da criança o máximo que conseguir de alimentos processados e industrializados. Evite bolachas recheadas, sucos de frutas que não sejam naturais, refrigerantes e doces em geral.

Incentive a prática de atividades físicas

As atividades físicas são extremamente importantes para a redução de peso nas crianças, pois elas aumentam o gasto calórico. Você pode aproveitar e praticar com o seu pequeno. Incentive brincadeiras que movimentam o corpo, como andar de bicicleta, pega-pega e natação e passe um tempo de qualidade com ele!

Como você pode perceber, a obesidade infantil é um assunto muito sério que precisa de atenção. Com as dicas contidas aqui, esperamos que fique mais simples de detectá-la e, também, de evitá-la.

Gostou deste post? Então aproveite e confira quais são as melhores atividades físicas para as crianças!

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Share This