7 benefícios de movimentar o corpo que você precisa conhecer

Sabia que, com o simples fato de movimentar o corpo, você pode influenciar diretamente o seu comportamento e o seu humor? Pois saiba que a prática regular de atividades físicas oferece diversos benefícios.

O movimento, para os bebês, é uma forma de expressar emoções ou necessidades que precisam ser sanadas. Nas demais faixas etárias, ele também é uma maneira de alcançar melhorias em diferentes aspectos. O exercício ajuda na prevenção de problemas de saúde, na manutenção dos sistemas do corpo humano e até contribui para a saúde mental.

Movimentar-se desde criança é um ótimo meio de, naturalmente, desenvolver esse hábito e mantê-lo. Isso aumenta as chances de você se tornar um adulto mais ativo, sem esquecer que alivia o estresse e ajuda a combater a insônia.

Vamos, então, mostrar para você 7 benefícios sobre movimentar o corpo e dar dicas de atividades que podem ser praticadas para alcançá-los.

1. Melhora nas articulações

Por mais que faça sentido imaginar que o movimento cause atrito e, assim, o desgaste das articulações, esse pensamento é errado. O exercício é maléfico apenas quando executado da maneira errada ou de modo exagerado/excessivo. A falta de atividade, inclusive, pode ser responsável por enrijecer as junções dos ossos, de modo a limitar certas ações.

Entre outras partes do corpo humano, as articulações também são responsáveis pela sustentação do peso e pelo equilíbrio. A prática regular de exercícios físicos vai trabalhar os músculos que, ficando mais fortes, contribuem para a estabilidade. Dessa forma, a tensão fica menor entre os ossos.

2. Garantia da qualidade do sono

Boas noites de sono são essenciais para que você seja mais produtivo e não tenha seu raciocínio e humor abalados. São necessárias, principalmente, pois existem funções que seu corpo realiza apenas durante a noite. Assim, a insônia afeta sua saúde como um todo.

Fazer atividades físicas diariamente, mesmo que uma simples caminhada, contribui para que seu organismo e seu metabolismo funcionem de forma mais regular. É indicada a prática de exercícios sempre mais cedo. Durante o treino, seu corpo recebe uma grande carga de adrenalina — entre outras substâncias — que o deixa acelerado e pode ser um fator que atrapalhe seu descanso.

3. Diminuição de dores

Com o tempo, é natural o desgaste de suas articulações e cartilagens. Esse fato é, normalmente, o responsável pelas dores que são comuns durante o envelhecimento. As chances de desenvolver problemas assim são muito maiores se você não movimentar o corpo.

Exercitar-se faz com que seu cérebro receba algumas substâncias que têm poder analgésico, diminuindo, assim, as sensações de desconforto. Porém, é extremamente importante passar por uma avaliação médica antes do início das atividades — principalmente se o seu corpo já apresenta dores.

4. Redução do risco de doenças

Todo exercício físico exigirá a irrigação e oxigenação dos músculos, fazendo com que seus pulmões e coração trabalhem para isso. Dessa forma, se torna menor o risco da ocorrência de complicações que envolvam os sistemas cardiovascular e respiratório.

Estar em atividade faz com que você aumente a sua produção de lipoproteínas de alta densidade (o famoso “bom” colesterol) que ajudam na prevenção de doenças cardíacas. Além disso, manter a regularidade do exercício contribui para a precaução ou mesmo o gerenciamento de diversos problemas de saúde como diabetes, acidente vascular cerebral e depressão.

5. Melhora da saúde mental

Movimentar o corpo ajuda na liberação de hormônios que atuam diretamente em seu bem-estar. É uma forma de precaver sua boa saúde mental e também combater a depressão. Exercícios como a dança permitem sua leve expressão corporal. São maneiras de deixar fluir seus movimentos e sentimentos, de modo a contribuir positivamente com suas emoções.

Geralmente, as atividades são praticadas em locais diferentes dos que você está presente na maior parte do dia. Dessa forma, é possível criar relações com novos espaços e contato com diferentes pessoas, sendo, então, mais uma maneira de melhorar sua saúde mental.

6. Alívio do estresse

É muito comum sentir-se cansado ou pressionado por dias cheios de trabalho e tarefas. Em momentos assim, possivelmente, a última coisa que você pensa é em calçar seu tênis e fazer alguma atividade. Pois saiba que a prática de exercícios pode ajudar para que seus dias sejam menos estressantes.

Os movimentos ajudam a diminuir a tensão e contribuem para o relaxamento da musculatura, deixando de lado a sensação de esgotamento. Além disso, como exigem foco e concentração para sua execução, as atividades contribuem para amenizar, também, a ansiedade.

7. Ganhos em autoestima

As diversas formas de exercitar-se carregam inúmeros desafios e você pode defini-los como metas. Executar um movimento correto de dança, aumentar o peso em um aparelho ou percorrer uma maior distância podem ser maneiras de alcançar realizações pessoais que vão somar à sua autoestima.

As atividades contribuem para que você tenha um melhor conhecimento do seu corpo, consiga trabalhar e exercer a autoconfiança e alcance uma maior segurança em si mesmo. Como consequência, podem vir mudanças estéticas, mas elas não devem ser sua única fonte de autoestima.

Diferentemente do que seria mais provável, não é considerada sedentária apenas a pessoa que não pratica exercícios físicos. Permanecer longos períodos em uma mesma posição (uma jornada de trabalho em uma cadeira, por exemplo), também pode levar ao sedentarismo. As pausas são importantes, mesmo que sejam apenas para pegar uma xícara de café ou ir ao banheiro.

Além dessas necessárias quebras de manter-se em um mesmo estado, alguns exercícios simples e diversas modalidades de esporte vão ajudar na sua busca por movimentar o corpo. Exercícios como polichinelos, flexões e abdominais são facilmente praticáveis e podem se tornar hábitos frequentes para deixar o sedentarismo.

Outra alternativa é a caminhada que, aliada à musculação e ao pilates, por exemplo, consegue o trabalho dos músculos, das articulações e da eficiente circulação sanguínea com o acompanhamento profissional.

Algumas aulas como dança, ioga, ginástica ou natação são maneiras também prazerosas de se exercitar, conquistando, ao mesmo tempo, um melhor autoconhecimento.

Agora que ficaram mais claros os benefícios de ser mais ativo e que você já tem ideias sobre quais exercícios praticar, entre em contato conosco para começar a movimentar o corpo!

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Share This