Exercícios Físicos

5 dicas para praticar natação no mar ou rio

5-dicas-para-praticar-natacao-no-mar-ou-rio.jpeg
Escrito por Academia Boa Forma

A natação é um excelente esporte, que trabalha o corpo em conjunto e proporciona muitos benefícios aos seus praticantes.

Normalmente, a iniciação nessa atividade começa em piscinas, porém existem diversos outros meios para praticá-la, como a natação no mar ou em rios. 

Apesar de os princípios serem os mesmos, existem algumas diferenças atribuídas à prática, conforme o meio em que ela é realizada. Para ajudar você a ter êxito nadando em águas abertas, elaboramos este post com cinco dicas para praticar natação no mar ou rio. Acompanhe!

1. Identifique os riscos

Ao contrário da piscina, nadar no mar e em rios apresenta alguns riscos que devem ser identificados antes. O principal deles é a correnteza. Antes de nadar em águas abertas, é necessário identificar para qual lado a correnteza está e se deslocar a favor dela, sempre lateralmente à praia e nunca em direção ao mar aberto.

Outro grande risco é a corrente de retorno, que é o refluxo de água que volta da costa para o mar. Mesmo os melhores nadadores devem evitar o nado contra ela.

Outros fatores naturais podem influenciar a prática, então é preciso estar atento à direção do vento, previsão do tempo, demarcação das boias. Caso esteja inseguro ou com alguma dúvida, converse com salva-vidas e pessoas experientes na região para poder nadar com mais segurança e confiança.

2. Confira se o local é apropriado para banho

Nade apenas em locais próprios para banho. Principalmente em rios, a correnteza costuma ser muito desfavorável e formar redemoinhos, sendo um obstáculo ao qual os nadadores não estão acostumados.

Além disso, existem outros fatores de risco, como pedras, animais e águas poluídas, que merecem atenção.

Caso o local tenha uma placa proibindo o nado ou delimitando o local, respeite. 

3. Utilize roupas e acessórios adequados

A prática da natação em piscinas não exige muitos acessórios a mais do que sunga, maiô ou óculos. Já a natação no mar ou rio sofre influência do clima, fazendo com que o nadador precise estar mais preparado. Caso seja frio, é necessário utilizar uma roupa de neoprene, por exemplo.

Outro detalhe importante é em relação ao filtro solar. Independentemente da previsão do tempo, esse item é importante e necessário para quem estará exposto ao sol dentro da água por algum tempo. 

4. Tenha bom preparo físico

Ao contrário da piscina, o mar aberto não tem local de apoio para descanso nem a oportunidade de dar impulso na virada, o que exige mais preparo do nadador.

Outro diferencial é em relação à visibilidade e direção: na piscina, é possível se guiar pela linha; já a natação no mar não permite a visibilidade do fundo, resultando em perda do senso de direção.

O ideal é treinar na piscina sempre o dobro do que deseja nadar no mar. Se o pretendido é se deslocar um quilômetro em águas abertas, treino dois quilômetros na piscina. Não se esqueça de ir aos poucos, criando uma progressão e sempre respeitando os limites do corpo.

5. Convide os amigos

Entrar no mar em grupos é sempre mais divertido e seguro. Afinal, nunca se sabe como acontecerão problemas como câimbras. Mesmo que não aconteça interação durante a prática, nadar acompanhado de um grupo de pessoas torna-se mais seguro.

Caso não seja possível, opte por entrar no mar onde há pessoas próximas, como surfistas ou praticantes de stand up. 

Nadar é tudo de bom, e a experiência de fazer esse esporte ao ar livre e em meio à natureza é melhor ainda! Em um primeiro momento pode parecer difícil e desafiador, mas basta ter um bom planejamento e tomar os cuidados necessários que os problemas ficarão afastados.

E aí, gostou do post? Se, depois de aprender algumas dicas para obter sucesso ao praticar natação no mar ou rio, você ainda ficou com alguma dúvida ou quer saber mais sobre o assunto, assine a nossa newsletter e fique por dentro!

Sobre o autor

Academia Boa Forma

Deixar comentário.

Share This
Navegação